Eu e os Preconceitos Literários

 

Eu tenho um problema seríssimo chamado preconeito literário.

Funcina assim: você sabe que é tal tipo de livro ou tal autor e simplesmete se recusa a ler. Eu conheço meus favoritos e tenho a tendência de ficar por ali mesmo. Todo mundo é um pouco assim, acho. E eu sempre soube que tinha essa parte de mim.

Mas uma coisa me tirou da minha zona de conforto. Eu começei a escrever sobre literatura e aí me deparei com um impasse: falar ou não falar desses livros de maior sucesso? Acontece que existe toda um popularidade envonvendo dramas e romances. E nenhum deles é muito minha vibe. E aí eu ficava sem saber se lia ou não, sabe? Existia alí a possibilidade de eu não gostar do livro somente pelo gênero e acabar escrevendo uma resenha meio meh.

E realmente eu li uns livros que detestei. Algumas personagens sem vida. Algumas histórias fofas demais. Um pessoal que morria e eu achava era bem feito. Alguns livros (não contem pra ninguém) eu pulei pro final e torci pra ninguém perceber.E acho que não perceberam.

E foi aí que aconteceu a surpresa:

Eu li A Culpa é das Estrelas.Nele um casal se conhece numa reunião de crianças e adolescentes com câncer e se apaixona. Ela evitava isso por ter medo de machucar os outros. Ele achava que o sofrimento que ele já tinha tido era o maior que tinha como. Eu já sabia mais ou menos o que ia acontecer e fui preparada. Não sou muito do tipo que chora e isso meio que me deu coragem.

E por mais que o gênero não me agradasse, EU QUERIA LER. Eu precisava saber o que estava acontecendo. O jeito de escrever do John Green acabou me pegando. E quando eu menos esperei estava presa em um livro que jamais achei que gostaria. Demorei SIM uma quantidade enorme de tempo pra terminar, mas terminei. E foi ótimo.

E agora eu quero ler todos os livros do John Green. Vocês já viram quantos livros tem esse hoem? Eu não vou acabar nunca. E não é só isso. Agora eu também preciso ler Nicholas Sparks.

Eu. Eu que já não tenho mais onde colocar livro. Que as pilhas de livros pra ler tão indo no teto (comprei quatro livros da darkside essa semana e já to preocupada).

Não sei se esse é o fim do meu preconceito literário. Não sei nem se existe fim pra isso. Só que agora é todo um novo mundo a ser explorado.

Anúncios

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s