Interestelar

Olá! O filme de hoje é Iterestelar. Ele é de 2014 e foi dirigido pelo Christopher Nolan. Ele tem 2h e 44 min, ou uns 20 anos na terra (mesmo).

Normalmente eu deveria deixar avisado aqui que esse post tem alerta de spoiler. Mas isso só vale se você por acaso gosta de filme de drama. Se você está indo ver Interestelar pela ficção científica, sugiro que leia esse texto primeiro e pense se vale a pena ver o filme ou não.

O filme é assim: Como sempre, a terra ta morrendo. Aí eles precisam (curiosamente contra o governo) achar outro planeta pra morar. Aí sai uma galera pra fazer isso mas dá tudo muito errado. Eles encontram outra nave que ja pousou e a wild Matt Damon apears. Ele salva o filme mas acaba morrendo. Aí o protagonista se joga num buraco negro que é um lugar criado por seres da quinta dimenção que querem que nosso protagonista salve a espécie humana (sabe-se lá por que) e ele salva.

Por onde começar, gente? Eu odeio fazer posts reclamando de filmes. Fica meio recalque e né, não queria que fizessem o mesmo comigo. Mas tem uns filmes.. Ah, tem uns filmes.. E esse é um deles. Acontece um hype gigante e inexplicável. Parece que o pessoal pensa: “nossa, mas a produtora gastou milhões com isso? E não tem nenhuma piração tecnológica (que nem avatar), historia inovadora ou qualquer coisa interessante? Hum.. Talvez eu não tenha entendido. Vou falar que gostei.” É a única explicação lógica.

Vamos lá. O roteiro meio que não funciona. Parece que você tá ouvindo um audiolivro ou sei lá. O ritmo é bastante compatível com a mídia livro, assim como os diálogos. Tudo muito lento e muito longo. Muito mesmo. A gente até consegue perceber que a criação daquele mundo é bem feita. O governo decidiu fingir que as viagens espacias não existiam. Com a falta de alimentos, as pessoas são obrigadas a trabalhar em fazendas pra ver se resolve o problema. Aí isso faz com que tenham menos pessoas pra desenvolver tecnologia e ninguém tem nada muito tecnológico.

Mas infelizmente tudo isso se perde na grande quantidade de problemas do filme. Os personagens (mesmo adquirindo certa tridimensionalidade ao longo da trama) não tem o menor carisma e não te prendem. Sabe, a sensação que fica é que se a humanidade é assim tão aleatória talvez já tenha passado a época dela mesmo. Deixa morrer.

Também não temos nenhum grande avanço estético. Nenhum plano além do basicão, as cenas mais bonitas são as de computação gráfica (ou seja, não são). A trilha sonora também deixa um pouco a desejar. Ao longo do filme vemos que ele está mais pra um drama do que realmente ficção científica. E aí, sendo o drama que é, a trilha sonora eletrônica não funciona. Mesmo se fosse mesmo ficção ela não seria lá grandes coisas, mas pelo menos teria uma desculpa.

A única coisa para a qual esse filme nos serve é descobrir por que Star Wars tem som no espaço. Não existe nada mais sem graça em todo o universo do que uma explosão sem som. Sério. Eu tava lá né, morta pelo tédio do drama, quando eu penso: Bom, pelo menos agora vão explodir coisas. Aí explode SEM SOM. SEM SOM. Eu não soube lidar com isso.

Mas, se tem algo que realmente salva é o personagem do Matt Damon. Ele tem profundidade e parece ter sido bem pensado. Com poucos minutos de filme você já sabe tudo que precisa saber sobre ele. A parte dele foi a única que segurou minha atenção e assim que ele morreu eu fiquei entediada denovo.

Aí, teve o final do filme.. Aaah, o final do filme. Quem foi que teve a brilhante ideia de colocar nosso protagonista pra avisar a filha pelo relogio (de uma maneira que jamais entenderei) o jeito de salvar a humanidade? Alguém me explica essa parada do relógio pelo amor de Deus? Primeiro, se ele está mudando os ponteiros no passado, como ela só vê adulta: e se ele está mudando com ela adulta mesmo, como pode o ponteiro continuar lá todo louco mesmo depois de ser TIRADO da estante e LEVADO pra dentro da NASA. COMO? Não entendi.

E você, gostou do filme? Ou também ficou que nem eu? Comenta aqui embaixo. Se você gostou, me fale os motivos pra gente poder conversar e quem sabe né, vai ver fui eu que não entendi.

Anúncios

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s