Umbreakable Kimmy Schmidt: Enquanto Isso no Netflix

Oi gente, tudo bem? Andei pensando sobre o que falar por aqui, e percebi que o Netflix tem lançado várias séries ultimamente. Então eu escolhi quatro delas (as que mais chamaram minha atençao) e falarei sobre uma em cada segunda feira de maio.

Vou começar com Umbreakable Kimmy Schmidt, porque sim. Nenhum motivo específico. Começei a ver depois de um comercial que a Bruna Vieira e a Kéfera fizeram que, apesar de bastante confuso, apresentou a estética da série e atraiu minha atenção.

Ma história Kimmy é uma mulher que foi presa junto com 3 outras e levada a acreditar que um apocalipse havia ocorrido. Elas são econtradas depois de uns 15 anos e ela (com a cabeça de uma adolescente dos anos 90) precisa aprender a viver como adulta em 2015. Até agora temos uma tempoada, com episódios de 30 minutos.

Pra começar, a abertura. Ela é interessante, porque envolve o primeiro episódio e diz muito do que é o século XXI. Maas acaba cansando deppis de alguns episódios. Não é o tipo de coisa que dá vontade de ficar assisitndo.

Quanto aos episódios em si, achei a série bem fluida. Os episódios passam rápido e a gente nem percebe. Algumas situações são meio arrrastadas e você se distrai, mas no geral é nem legal. A maioria dos episódios passou tão rápido que eu nem percebi. Assisti toda a temporada em um único dia.

O roteiro é bem elaborado, com um bom desenvolvimento dos personagens. Me preocupou no iníco a quantidade exagerada dos mesmos, mas até que funcionou bem. Como a maioria das comédias, essa também peca pelo excesso de estereótipos, mas é o tipo de coisas que se espera mesmo. Tem que respirar fundo e tentar enxergar além daquilo.

A direção de arte é bem legal, mas vamos combinar que em uma série contemporânea com gente comum a única preocupação deles (a parte dos anos 90 presente em Kimmy) não fez nada além da obrigação ao estar bem feita. Fazer vários núcleos, de classes socias diferentes, é sim uma tarefa difícil, mas não se compara ao que outras séries tem que enfrentar.

A fotografia e a direção acabam seguindo um padrão cláassico de comédias americanas 90 por cento do tempo. Existem sim momentos em que temos planos que se destacam e variações de fotografia a serem consideradas. Mas no geral segue a ordem do dia mesmo e pronto.

Não é uma série ruim, mas não estou ansiosa pela próxima temporada. E você, o que achou? Comente aqui embaixo!

Anúncios

1 Comment

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s