Top 5: Séries Canceladas

Olá! No Top 5 (que eu inclusive to postando direitinho, cês viram?) dessa semana, Top 5 Séries Canceladas. Descobri essa semana que Selfie ia acabar e, embora eu não tenha ficado tão triste quanto fiquei com Believe, mas achei legal dividir com vocês a dor dos fãs de séries. Vamos lá?

1 – Believe (2014)

Geeente. Gente. Quem acompanha meu blog sabe o drama que foi. Believe é uma das séries mais lindas já inventadas. Temos uma protagonista criança que, apensar de fazer parte de um mundo de adultos, rouba a cena. Ela é uma fofa e atua muito bem.

A fotografia da série era LINDA, e o ritmo era muito bom. Era um drama, que costuma mesmo atrair minha atenção, e a mistura com a ficção científica tava incrível. Muito amor por Believe gente. Até a abertura era linda. Inclusive, recomendo fortemente que assistam. Nas séries que vieram depois eu tenho reparado pouquíssimo cuidado na abertura, e isso faz toda diferença, pelo menos pra mim.

A série tinha muito mais a ser explorada e acabou simplesmente por que o senhor produtor J. J. Abrams precisava usar o dinheiro com outra coisa. Aff. O que acabou acontecendo é que a série ficou cheia de buracos e com gostinho de quero mais. Chato isso.

2 – Numb3rs (2005/2010)

Minha relação com essa série já é antiga. Quando era mais nova assistia os episódios soltos e pensava: Nossa, que série legal. Ela sempre chamou minha atenção pela maneira que mostra os pensamentos de Charlie. Que aliás é um personagem incrível. Além de ser tipo assim um gênio, ele é super fofo e divertido. Mas aí em descobri esse ano que a série estava disponível no netflix e agora estou assistindo enlouquecidamente.

Por causa do TCC acabei agarrando na penúltima temporada, mas acho que já dá pra falar a respeito. Pra começar sou completamente apaixonada por essa coisa de homens muito inteligentes cujos pensamentos são mostrados no ar enquanto eles falam. Eu inclusive assisti Perception só por isso. E to vendo Da Vinci’s Demons (mais ou menos) por isso também. Mas tá. Fora isso, a ideia de ter um matemático praticamente resolvendo os crimes sozinho é muito boa.

Há quem diga que a série deu uma caída depois da quarta temporada, mas confesso que até agora não vi nada de muito diferente, nem pro bem nem pro mal. Como ainda falta uma temporada inteira pra eu ver ainda, vejamos se o cancelamento veio em boa hora ou não.

3 – Selfie (2014)

Ai gente, pois é. E o anúncio triste desse semestre vai pro cancelamento de Selfie. Mas é sempre assim: Eu começo a gostar de uma série de comédia (não é muio meu estilo) e ela é cancelada. Vai ver- eu tenho mal gosto pra série de comédia – haha. Bom, a questão é que ainda estamos no quinto ep e já sabemos que não vai durar. Confesso que desanimei de terminar a temporada. Vai acabar mesmo… Será que eu vejo o resto? Fica aí uma coisa a ser decidida.

Agora, eu gostaria que alguém me explicasse como pode uma série com a linda maravilhosa e ótima atriz Karen Gillan ser cancelada. Cadê os órfãos de Amy Pond pra ver tudo que essa moça faz gente? Aneem. E a personagem dela é uma fofa. E super tem gente assim no mundo. Sério. Assiiiim, não é uma série hilária. Mas não precisa. Tipo The Big Bang Theory por exemplo. Não é engraçada O TEMPO TODO.

Nos poucos episódios que ja saíram, deu pra ver uma grande mérito da evolução nos dois protagonistas. E isso é um grande da série. Realmente, corre-se o risco dos problemas se resolverem rápido demais e acabar não tendo nada pra falar. Mas qualquer coisa era só chamar os roteiristas de Supernatural gente. Tão aí enrolando a umas 5 temporadas e eu continuo lá assistindo, porque eu sou dessas.

4 – The New Normal (2012/2013)

Olha só, te conta uma coisa: Se você ainda não viu The New Normal, corre lá. Mas corre mesmo. Para de ler isso e vai ver The New Normal. Juro que espero. Vai lá.

Viu? Agora você já pode morrer comigo. Essa coisa linda e maravilhosa só tem UMA temporada. A sorte é que eu não acompanhei isso enquanto passou. Se não vocês que lêem o blog iam ouvir MUITO. Como pode gente? Melhor série ever.

Os personagens são incríveis. Apesar de ter só uma temporada, eles são bastante profundos e tridimensionais, de uma maneira que muitas outras com mais temporadas não são. Principalmente comédia. Inclusive, essa série cai na regra que eu comentei de Selfie né. Mas tá.

A série é completamente surreal, e mesmo assim possível. Menos o casamento da Shania que também é um pouco muito. Mas mesmo assim faz sentido na organização da família. Aliás, a Shania é uma das melhores personagens que eu já vi. Ela é incrível. Tem uma personalidade maravilhosa, e sua maturidade não fica falsa e nem incomoda. Outro grande mérito da série esta no casal principal. Bryan e David são um dos casais mais legais da ficção. Eles são naturais e não são tratados pelos roteiristas como diferentes.

Eu digo isso porque normalmente o casal gay ou está um pouco à margem, ou tem uma dinâmica que não faz o menor sentido. Eu até entendo o motivo. A gente tem que pensar (e isso fale pra personagens femininas também) que na maioria das vezes é um grupo de homens heterossexuais que escreve as coisas. E por mais que eles se esforcem, nem sempre são capazes de traduzir tudo. Mas isso é assunto pra um ouro post.

5 – Ghost Whisperer (2005/2010)

Essa ultima série precisa ser comentada porque é linda. Eu não acompanhei todas as temporadas, então infelizmente teremos um olhar um pouco superficial. Pra mim, o único erro gravíssimo dessa série tava na abertura. ela me incomodava profundamente e no fim a série nem era de terror. Mas é claro que esse incomodo é só meu, tendo em vista que essa abertura persistiu por incríveis 5 temporadas.

Fora isso, a série é bem divertida. A ideia é boa, e mesmo correndo intenso risco de ficar clichê, entregou o que prometia com sucesso. Os personagens principais eram muito bons, e aqueles secundários que iam trocando também não deixaram a desejar. Imagino que o que fez com que ela fosse cancelada é o fato de que servia a um público muito específico, e isso nunca é bom.

Confesso que fiquei incomodada com algumas coisas quando elas apareceram, como o marido da Melinda trocar de corpo e o filho da amiga dela ser sensitivo. Mas com o decorrer dos episódios ficou tudo bem encaixado e esses elementos justificaram sua existência. Infelizmente não vi o final e não sei dizer se tava na hora ou não.

Você via alguma dessas séries? Ficou com vontade? Comenta aqui embaixo!

E se por acaso eu tiver esquecido de alguma que você adorava, quero saber também!

Anúncios

5 Comments

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s