O Castelo Animado – Especial Studio Ghibli

ca

Olás! Hoje vou falar do Castelo Animado, de 2004, dirigido por Hayao Miyasaki.

*ZONA DE SPOILER, VÁ VER O FILME*

Sofi (Sophie) é uma jovem que trabalha numa loja de chapéus. Ela acaba se encontrando com Hauru (Howl) e se envolvendo em uma confusão mágica. Aí uma feiticeira enfeitiça ela achando que ela sabe alguma coisa do Hauru. Aí ela vira velha e resolve ir embora pra onde vivem os bruxos tentar resolver o feitiço dela. Ela então começa morar dentro da casa do Hauru, que seria o tal castelo. E se apaixona por ele, e ele por ela. E tem o Marukuru (Markl) que é um menininho que mora na casa e é o aprendiz do Hauru.

Antes de qualquer coisa, os nomes que estão entre parêntesis são os da versão em inglês. Por algum motivo eles substituíram os reais nomes dos personagens por outros que soassem parecido.

Pra começar achei divertidíssimo. As coisas acontecem muito por acaso, mas parece parte da vida e não conveniência da ficção. Todos os personagens são bem mostrados e têm suas particularidades que os tornam únicos. Até o demônio do fogo que, né, demônio, é divertido e interessante. A unica coisa que eu sinto falta é de uma explicação melhor de como o feitiço aplicado e Sofi funciona. Eu procurei o tempo todo encontrar a relação entre os momentos em que ela volta ao normal e não consegui. E porque o cabelo não volta? Duvidas… Uma coisa que eu achei muito legal na construção dos personagens é que ninguém ali é 100 bom ou mal. Todos tem seus momentos , assim como na vida.

ca2

Mas o que mais me chamou a atenção foi a riqueza de detalhes em tudo. Ao contrário de A Viagem de Chihiro em que os detalhes indicam riqueza e ficam mais no fundo, nesse eles mostram a bagunça e confusão, dentro e fora do castelo. E tem também os personagens, que em certos momentos assumem detalhes quase assustadores. Quando Hauru se transforma em corvo é a coisa mais incrível do mundo.

O filme não possui nenhum plano de destaque, mesmo porque o que se mostra mais evidente são os detalhes em quadro. Uma paisagem muito bonita é a do campo em que Hauru cresceu. As cores são lindas e o movimento das plantas é muito bonito. A trilha sonora também segue uma linha clássica, aparecendo como fundo em cenas de carga emocional elevada.

Caso você não se dê muito bem com versões em inglês – que são as mais fáceis de achar – achei essa aqui em português. Mas vou avisando de uma vez que a dublagem e meio Dragon Ball. (Lembrando que todos os links desse e de outros posts abrem em abas separadas, então clique sem medo de ser feliz)

Anúncios

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s