Serviço de Entregas da Kiki – Especial Studo Ghibli

kiki

Hoje eu vou falar sobre o Serviço de Entregas da Kiki, de 1989, dirigido por Hayao Miyasaki.

*ZONA DE SPOILER, VÁ VER O FILME*

Bom, o filme conta a história de Kiki. Ela é uma bruxa e por isso precisa sair de casa aos 13 anos e procurar uma cidade nova pra morar, com um certo contragosto dos pais. Ela e o gato Jiji mudam pra uma cidade grande e perto do mar, como ela queria. Ela então se instala em uma pensão e começa a usar suas habilidades na vassoura para entregar encomendas. Lá ela conhece Tombo, um menino mais ou menos da idade dela que inicialmente parece chato mas depois eles ficam amigos. Ela também conhece Osono, dona da padaria em que Kiki ajuda e onde fica seu serviço de entregas, e dona da pensão onde ela mora.

O roteiro é bem simples. É linear e apresenta pequenos conflitos ao longo do grande conflito que permeia o filme, que é o amadurecimento de Kiki. As minhas personagens preferidas na história são Jiji e a pintora. Jiji por ser divertido e carismático e por me lembrar o Salem da Sabrina – desculpa sociedade, mas os roteiristas de Sabrina viram Kiki. E a pintora pelo jeito que ela fala com a Kiki a a importância dela nos únicos dois momentos em que aparece.

A fotografia se mantém constante, sem variações de cor e luz como em Tumulo dos Vaga-lumes. Minhas cenas preferidas são: a em que ela sai toda desajeitada com a vassoura da casa dos pais, por falar muito da personagem, de uma maneira simples; e a em que ela anda de bicicleta com Tombo, porque é bonitinho mesmo.

Aliás, eu adorei a Kiki. Ela é super divertida e desajeitada e embora seja meio criança o filme continua divertido porque ela é bem esperta. Achei muito interessante como a equipe escolheu mostrar sua personalidade ao longo do filme.  A trilha sonora é divertida e aparece em apenas algumas partes do filme, quando é necessária.

kiki 2

Mas o mais interessante pra mim está na conversa entre Kiki e a pintora sobre vocação. É uma conversa simples entre as duas, que independe de recursos visuais, mas que traz uma discussão muito bacana, seja pra quem já achou sua vocação ou pra quem não achou ainda. E será muito importante na vida de Kiki e na resolução dos problemas dela no filme, com uma personagem que quase não aparece.

Por ultimo, uma novidade que eu não sei bem a veracidade, mas que criou esperanças. Parece que existe a intenção de criar um live action de Kiki, previsto no Japão pro meio desse ano. No Brasil ou nos EUA obviamente é um mistério. O trailer não não mostra muito senão paisagens e textos em japonês, então não tem tanta graça. Mas tem uma foto do que seria a atriz do filme vestida. Olha que fofa!

kiki movie

Anúncios

1 Comment

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s