American Horror Story

Assisti segunda ao primeiro episódio da segunda temporada. E, como dito no vídeo, apresento agora as diferenças e semelhanças entre esse episódio e o primeiro da primeira temporada.
Acho que a coisa que mais me incomodou desde o inicio foi o caráter apelativo. Ao contrário do primeiro, esse contém maior quantidade de cenas de sexo, e elas são mais explícitas. Me questiono sobre a validade disso…
Mas a intensidade tem seu lado positivo. Acontece que o terror do novo episódio também é maior e mais imediato. Enquanto no primeiro são apenas nuances (lembrando que isso não é negativo, só diferente) nesse temos mais ação do que a construção de personagens, marca do anterior.
Outra diferença interessante é a estética. Não fosse a repetição de elenco (que falarei a seguir), poderiam ser duas séries distintas, de mesmo gênero. A preocupação com iluminação e cores é notável em ambos. No entanto, é possível ver uma paleta de cores definida para cada um, além das mudanças de tonalidade ao longo da trama. Tal cuidado também pode ser observado nos cortes, em ambos os capítulos. No entanto, no segundo essa preocupação é mais evidente. 
Agora, um pouco sobre os personagens. Aos que iam assistir pelo Adam Levine, sinto que ele morrerá no próximo capitulo no máximo. Ele faz parte de tal casal chamado The Lovers. Ninguém sabe muito deles, mas pelo episódio eles acabaram de se casar e tem fetiche por lugares assustadores. Nesse ponto, o núcleo do primeiro ciclo parece mais bem construído e explorado, desde o primeiro momento. Talvez isso se dê, pois o segundo ciclo tem dos núcleos de personagem e tempo diferentes. Algo como dizer de muita coisa em um curto período de tempo. 
Fora isso, o elenco se repete não sei por que e isso incomoda (passei todo o episodio tentando entender).  Chato né? Acho que os grandes destaques são:

Evan Peters, que mudou muito a fisionomia ao longo desse ano. Além disso, ele agora assume um papel mais importante (ao que parece).
Jessica Lange: Face igual, personagem igualmente creepy. Ela é definitivamente o meu maior incômodo. Parece que é a versão freira da outra. Mesmo olhar frio, ainda com sérios problemas sexuais, causando o inferno na vida de quem está ao seu redor… Igual. 
Aos que iam assistir pelo Adam Levine, sinto que ele morrerá no próximo capítulo, no máximo. Ele faz parte de um tal casal conhecido como The Lovers. Ninguém sabe muito deles, mas pelo episódio sabe-se que acabaram de casar e ela tem fetiche por lugares assustadores.
Mantem o teor psicológico do terror. Tem algumas imagens assustadoras, claro. Mas elas não são de grande relevância. A não ser claro, pelo Bloody Face no fim do episódio. 
Mas se tem alguma coisa nesse episódio que não me deixa feliz é a possível presença de aliens. Eu sei que isso faz parte da mitologia dos EUA, mas não sei por que nunca passou pela minha cabeça que esse poderia ser o plot de alguma temporada. Detesto isso de aliens como vilões. Não me identifico, e por isso sinto menos medo.
E você, já assistiu ao episódio? E o que achou? Comente aqui em baixo!
Anúncios

Comente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s